11:07

Decifrando: Tonalizante x Coloração Permanente

Boa Pessoas!!

Existe uma dúvida ainda básica: qual a diferença entre coloração permanente e tonalizante? Quais tipos de tonalizantes existem?




Os tonalizantes (também conhecidos como tintura semi-permanente) não possuem amônia em sua composição. Por isso, os pigmentos não são capazes de penetrar na parte interna dos fios, o que diminui seu tempo de duração. Eles também não clareiam os cabelos!  À medida que o cabelo é lavado, a cor vai saindo. Por não conter amônia, são menos agressivos e indicados para alguns cabelos quimicamente tratados.
Mas atenção: existem dois tipos de tonalizantes: o semi-permanente e o banho de brilho.


O tonalizante semi-permanente não contém amônia, mas contém oxidante em sua formulação.
Trata-se daquela famosa emulsão reveladora que acompanha o tubinho de tinta.
São eles:
Jeans Color (Alfa Parf), Color Touch (Wella), Richesse (L’Oreal), In Shine (Matrix), Soft Color (Wella), Casting Gloss (L’Oreal), Bioton (Aroma do Campo), Diamante Tonalité (Vita A) e  Hidracollor (Hidran).



O tonalizante banho de brilho além de não conter amônia, também é livre de oxidantes. 
É um produto bem suave, sem grandes contra-indicações. Ele serve para realçar a cor e dar um banho de brilho aos cabelos.
O Keraton Banho de Brilho (Kert) é soberano nesta categoria.
Outra novidade é o Redense Color (Kerafios).
Sua ação é semelhante ao Keraton.


A coloração permanente contém amônia e não é compatível com todo tipo de química (hênna, hennê, hidróxido de sódio entre outras químicas).
Ela abre até 2 tons a cor dos cabelos naturais e cobre 100% os fios brancos.  Tudo porque ela age diretamente na parte interna dos fios, substituindo a cor dos cabelos naturais pela cor desejada. 
Por ter amônia, a cor dura por mais tempo.
Os cabelos que são lavados com mais freqüência, desbotam mais rápido.

Falei!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2016 Estética Sim , Blogger